domingo, 14 de junho de 2015

Ser Pastor!


Hoje comemora-se o Dia do pastor. Vivemos tempos onde a figura pastoral muitas vezes tem assumido nuances bem distintas daquelas mencionadas nas Sagradas Escrituras. Segundo a Palavra de Deus ser pastor não é profissão, meio de vida e muito menos empreendedorismo. O próprio Cristo definiu-se como o bom pastor, ressaltando que por isso daria a vida por suas ovelhas.  Meditando no Salmo 23 podemos definir melhor as características de um pastor que sacrifica a sua vida por amor ao rebanho do Senhor. Neste salmo encontramos as virtudes necessárias para que um pastor seja considerado um ministro segundo o coração de Deus.
Ama o rebanho do Senhor - No evangelho de João, capítulo 21, versículos 15 a 17, Jesus por três vezes pergunta a Pedro se ele o amava e todas as vezes o apóstolo repetiu que sim, sendo sempre   interpelado por Cristo a apascentar o seu rebanho. A maior manifestação de amor a Cristo que um pastor pode dar é apascentar as ovelhas do Bom Pastor.
Guia o rebanho do Senhor - O escritor americano Eugene Peterson, em seu livro O Pastor Segundo o Coração de Deus ressalta que a função mais importante de um guia espiritual é ouvir a direção de Deus e transmiti-la ao seu povo. Vemos que Moisés, o maior líder de todos os tempos depois de Cristo, orientou a nação de Israel durante a peregrinação no deserto, sempre buscando a orientação divina. Só Deus pode direcionar o Seu rebanho para o lugar certo.
Intercede pelo rebanho do Senhor - Assim como no item anterior, podemos usar o exemplo de Moisés, que de maneira eficaz representou o seu povo diante de Deus. Uma passagem que ilustra bem isso está em Êxodo 32:32. Naquela ocasião ele pede ao Senhor para perdoar e não destruir ao povo, do contrário que o seu nome fosse riscado do Livro da Vida. Tenho certeza que Deus se alegrou tremendamente com o líder que estava a frente da nação escolhida. 
Alimenta adequadamente o rebanho do Senhor - O Salmo 23 destaca que o pastor leva as suas ovelhas aos pastos verdejantes. Vivemos na geração do Fast food (comida rápida), onde tudo tem que ser para ontem. Infelizmente muitos líderes espirituais tem alimentado suas congregações com "comidas" requentadas, enlatadas e até vencidas. Em 2ª Timóteo 2:15, Paulo admoesta o jovem pastor a manejar bem a Palavra de Deus, ou seja, o sacerdote precisa dedicar tempo para estudar a Bíblia e outros livros que lhe auxiliem a  fornecer um alimento fresco e nutritivo para suas igrejas.
Leva refrigério ao rebanho do Senhor - Ainda no Salmo 23, lemos que o bom pastor leva seu rebanho as águas tranquilas e limpas.  No livro de Ezequiel, capítulo 47, encontramos a descrição da visão que o profeta teve das águas que saiam de debaixo do altar, inundavam o templo do Senhor e saneavam todos os lugares por onde passavam. Aquilo é uma ilustração da ação do Espírito Santo na vida da igreja. Portanto uma função primordial do pastor é conduzir o seu povo a presença de Deus, para que assim tenham o refrigério que precisam.
Auxilia o rebanho do Senhor nas adversidades da vida - Continuamos no Salmo 23, onde vemos o bom pastor acompanhar suas ovelhas até mesmo no vale da sombra da morte. Um pastor segundo o coração de Deus sempre está a disposição de seus discípulos para orientar, aconselhar, consolar, apascentar, etc.
Disciplina e corrige o rebanho do Senhor - No mesmo Salmo 23 encontramos o bom pastor conduzindo seu rebanho com o cajado e com o bordão, ambos instrumentos de disciplina. Como líderes espirituais precisamos saber a dose certa da correção, pois Deus não deseja ver seus filhos conduzidos por um ditador e nem por um líder permissivo. Devemos sempre disciplinar com amor e mansidão, visando sempre a restauração do cristão. "Porque o Senhor repreende aquele a quem ama, assim como o pai ao filho a quem quer bem". Provérbios. 3:12.
Somente os pastores que reúnem estas características estão aptos para conduzirem as ovelhas do Senhor para a terra prometida. A Palavra de Deus diz em 1ª Timóteo. 3: 1, que excelente obra almeja aquele que quer servir ao Senhor, também diz em Lucas. 12: 48 que a quem muito é dado, muito lhe será cobrado. Ser pastor é mais que ser empregado de uma congregação, é ser escolhido pelo próprio Deus para conduzir o rebanho que seu filho Jesus conquistou na cruz até a terra prometida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou desse post?