quinta-feira, 6 de junho de 2013

A Arte de Recomeçar


          Recomeçar é uma arte, pois, a vida nos apresenta uma série de situações que por vezes nos obrigam a iniciar novamente a caminhada. A maioria de nós em algum momento olha para os lados, faz uma reflexão e compreende que é necessário dar um passo mais ousado ou até mesmo voltar e começar tudo de novo. Sempre me inspiro em personagens bíblicos e vários precisaram encarar o recomeço. Como exemplo poderia citar uma lista, mas vou me deter a Moisés. Li certa vez uma frase e achei muito interessante. Ela dizia: "Moisés passou quarenta anos pensando ser alguém, depois mais quarenta descobrindo que não era ninguém e por fim encarou os últimos quarenta sendo um ninguém usado por Deus". Uma abordagem perfeita acerca do patriarca hebreu.
          Este grande líder de Israel passou por dois recomeços, para enfim cumprir o propósito de Deus para sua vida. Primeiro, depois de viver na abundancia, como neto do faraó, se vê obrigado a fugir por ter matado um egípcio e passa a viver no deserto pastoreando ovelhas. Após quarenta anos tem um encontro com Deus e assim vem o segundo recomeço. Deixa então os campos para conduzir os israelitas no êxodo do Egito. É bem verdade que várias pessoas encaram um novo começo apenas como um sinal de derrota, fracasso ou falta de perseverança. Engana-se quem pensa que a vida é uma corrida de cem metros rasos, pelo contrário, é uma maratona com obstáculos por todo o percurso.
           Já precisei recomeçar mais de uma vez e agradeço ao Senhor por cada uma dessas oportunidades. Através delas pude compreender a Sua vontade, corrigir a rota e prosseguir na caminhada, além de ter aprendido valiosas lições, que uso para alcançar a maturidade e procuro compartilhar para abençoar a vida do próximo. Gosto da frase: "pior que errar, é permanecer no erro." Somos seres humanos aprisionados a uma natureza caída e pecaminosa, por isso erramos, mas devemos encarar esses momentos como oportunidades para reescrevermos a nossa história.
         Rejeite a condenação da culpa ou a mediocridade do desânimo, pelo contrário, levante-se e busque em Deus forças para sair do chão. Lembre-se do que está escrito no salmo 145, verso 14: "O Senhor sustenta a todos os que caem, e levanta a todos os abatidos". Com certeza Deus tem uma bela história para escrever através de sua vida. Aprenda com os erros e jamais despreze a graça de recomeçar. Infelizmente nem todos são bem sucedidos nessa arte, pois se deixam vencer pelos medos e obstáculos, perdendo assim a magnifica oportunidade de vivenciarem o propósito divino em sua plenitude.