terça-feira, 1 de maio de 2012

À Procura da Felicidade


          Em 2006, Will Smith foi protagonista do sucesso de bilheteria The Pursuit of Happyness (À Procura da Felicidade). O longa metragem conta a história do americano Chris Garden, que com muito esforço e perseverança conseguiu sair de uma terrível crise financeira e alcançar a tão sonhada felicidade. A narrativa é muito comovente e inspiradora, pois ser feliz é com certeza o maior desejo presente em cada ser humano. Entretanto, não existe nada tão etéreo como a definição de felicidade. Provavelmente entre os mais de 7 bilhões de habitantes do planeta terra não existam duas definições iguais a esse respeito. Inevitavelmente surgem perguntas como: O que é a felicidade? O que é ser feliz? Onde está e como alcançar a felicidade? Ao mesmo passo brotam as mais variadas respostas, tais como: É sentir-se pleno! É ter paz, saúde, dinheiro ou fama! É estar com a família, etc. Mas afinal, será que existe um conceito definitivo para esse estado que todos anseiam? Encontramos na Palavra de Deus a seguinte promessa do Cristo: "... Eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância." Será que a felicidade que tanto almejamos está nessa vida abundante? Com certeza está! Mas, então, como conciliar essa vida maravilhosa com as aflições que o mesmo Jesus afirmou que passaríamos? Será que é possível ser feliz e ainda assim passar por situações difíceis? Claro que sim, pois tudo depende do ponto de vista que usamos para encarar os fatos que ocorrem diariamente em nossas vidas. Pense bem, a Bíblia ensina que devo aceitar o senhorio de Cristo sobre minha vida voluntariamente e que a partir do momento que adentro nessa realidade passo a direcionar os meus passos sempre rumo ao centro da vontade de Deus, o que consequentemente me levará a desfrutar de uma paz interior sem igual que equilibrará todos as áreas de minha vida. Quando me torno servo entendo que tanto as coisas boas, quanto as ruins fazem parte do processo de construção do caráter divino em minha vida e que o meu futuro sempre será melhor que o meu presente. Portanto, chego a conclusão que a verdadeira felicidade repousa num lugar chamado Centro da Vontade de Deus e que se me dirigir para lá serei plenamente feliz. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou desse post?